segunda-feira, 31 de agosto de 2009

DESABAFO...

Ah!
Queria fazer um post bem astral, para compensar o sumiço do fim de semana...
Mas, minha net está meio lesada, vou escrever rapidinho e torcer para conseguir postar!
Aliás, tenho um monte de coisa bacana para contar (em outro post...), mas vou começar fazendo um desabafo (não, não é sobre a "interlenta" daqui de casa...).
Fomos ontem comprar ingressos pro jogo do Brasil. Adoro futebol, mas gosto mais ainda de sossego e comodidade. Só que, como meu marido é um fofo super companheiro que costuma me acompanhar nas minhas invenções, quis ser solidária... Caio nos acompanhou na aventura!
Fomos pra frente do shopping às 9h - horário previsto para iniciar a venda dos ditos ingressos. (Preciso esclarecer que estou numa fase da minha vida que não pego fila nem pra comer de graça... Mas, só vendia meia na bilheteria e ninguém conseguia comprar nem inteira pela internet).
Fila imensa (ela continuava do lado de cá da faixa, onde eu estava), nenhuma informação e minha promessa que não ficaria ali após o meio-dia...
Cansei de reclamar da falta de organização e informação, resolvi estudar. Boatos de que nem iniciaram as vendas. Na verdade, iniciaram, deu pau no sistema (de uma empresa catarinense) e pararam tudo.
Depois de 2h de fila, percebo que ela ao invés de diminuir, aumentava. Começo a identificar os "furões" e os futuros "furões" também. A "lady" que habita o meu ser fica tentada a ir dar uma volta e deixar a "barraqueira" tomando conta do seu lugar na fila... A fila anda um pouco! A "lady" anima-se e continua lá. Faz amizade com as pessoas à sua volta e relaxa.
Meio-dia: abrem o shopping, levam a fila para dentro e repenso minha decisão de não ficar mais tempo (entendi o "verdadeiro sentido" de "decisão irrevogável", Senador Mercadante...rs...). A possibilidade de estar no ar condicionado, poder ir ao banheiro e comprar lanche animaram o meu ser! Ficamos.
Para não ser maçante... Vamos ao que interessa! Depois de 7 horas na fila, estávamos a 15 pessoas do guichê quando um cara (de uns 45 anos e que já tinha furado a fila com outros 4 há cinco horas atrás) volta para a fila depois de ausentar-se por umas 2 horas e traz consigo uma linda mocinha...
Todo mundo perdeu a graça e o bom humor de repente. As 5 Fofas que estavam à minha frente não acreditavam no que estava acontecendo e começou um zun-zun-zun e desconforto geral. E eu falava: "Calma, se a gente se unir, ela NÃO vai comprar ingresso nenhum!" Quase meia-hora de aflição desnecessária...
Quando confirmei que ela REALMENTE pretendia comprar ingresso, chamei o segurança e informei o que estava acontecendo. O senhor, que se dizia pai da mocinha, insistia na maior cara de pau (diante de sei lá quantas testemunhas da mentira dele) que ela estava com eles sim etc etc. Quando viram que não iriam me dobrar, disseram que se eu quisesse podia passar à frente deles... Vocês acreditam?!!! Tentaram me subornar e nem se deram conta!! DISSE QUE NÃO SE TRATAVA DA MINHA PESSOA, mas de FALTA DE RESPEITO a todos os que chegaram antes dela. Lembrei ao "simpático senhor" que nem ele deveria estar ali...
Concluindo: ao contrário do que achavam as pessoas descrentes que estavam na fila, ELA NÃO FICOU NA FILA e o cara teve que comprar inteira na cota dele (2 ingressos por pessoa). Ficou olhando para mim espumando e a galera na fila aliviada e feliz por ter sido feita justiça. E eu continuei uma lady...rs... (Ah! Nós compramos a última meia disponível...)
Inicialmente minha revolta era pela falta de respeito conosco consumidores, pela longa espera e nenhuma explicação. Sequer avisaram que só aceitariam dinheiro!
Ingressos nas mãos e com sensação de dever cumprido, fiquei me perguntando o que leva um pai a mentir tão deslavadamente em frente a seus filhos para obter vantagem indevida, prejudicando inúmeras pessoas? Que tipo de gente está sendo formada?
Deixando de lado toda esta confusão, o saldo foi para lá de positivo. Um dia que podia ser considerado perdido, possibilitou a vivência de inúmeras experiências, algumas delas bem interessantes. Conhecer novas pessoas, conviver com a família numa perspectiva diferente, ver como o cansaço foi espantado pela animação de alguns, pela cantoria de muitos, pela disputa das torcidas do Bahia e do Vitória, pelos jogos (dominó, buraco, jogo da velha, palitinho etc).
A grata surpresa foi ver a flexibilidade do meu limite de resistência. E como uma situação de adversidade pode se transformar numa sucessão de experiências enriquecedoras, quando há determinação, boa vontade e abertura para deixar a vida fluir...
E VOCÊ, O QUE TEM FEITO COM OS LIMÕES QUE A VIDA LHE OFERECE?
Eu tenho tentado fazer umas limonadas, já que não estou podendo consumir álcool...rs...
Beijos e uma semana cheia de experiências gratificantes... Volto já!
PS.: Alguém aí conhece o hino do Vitória? Porque eles só respondem ao hino do Bahia com vaias, nunca celebrando o time deles? Será que Freud explica?...rs...

8 comentários:

  1. Claudinha, eu fico pê da vida com estas coisas!
    Acho que eu teria virado um bicho, ainda mais em época de TPM! ;)
    Love U! Parabéns pelo teu equilíbrio!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Que bom que a sua lady é persistente...
    A minha barraqueira é bem mais aparecida... eu sou Zona Leste...
    Esta coisa de sempre tirar proveito das situações, me irrita profundamente !!
    Tenho óooooooooodeeeeeooo de gente sem cidadania e respeito ao próximo !

    ResponderExcluir
  3. Oieeee... que legal conhecer seu blog e quando vier pra Sanca me avise... vamos tomar um café, um suco ou pelo menos falar oi.... e se deixarem quem sabe um scrap....rs!
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  4. Olha eu aqui de novoooo...achei vc de novo agora não perco mais...a nemm não sei como te agradecer as dicas...estou aprendendo aos poucos...obrigada viu ..bjooooo

    ResponderExcluir
  5. Oi Claúdia!Muito bom o teu blogue. Me diverti à beça lendo teus posts. Passe nos meus blogues, pois tb acho que irás gostar. Possuo dois blogues: www.maryq-mary.blogspot.com e o www.rougebatom.blogspot.com.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Ahhh...já sou tua seguidora tb.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, queriiiida !!! Saudades de bloguear por aqui. Mas "pra variar" estou dando só um pulinho aqui pra te dar um "oi"
    Meu marido tem feito um "drink" incrível com os limões que a vida nos dá... rsrsrsrs !!!
    Oh, tem dois selinhos pra vc lá no blog !!!
    Beijos e um lindo dia com cheiro de flor

    ResponderExcluir
  8. Mulher de deus...
    adooooro seus relatos...
    queria só estar ao seu lado...pra gente barraquear...juntas...
    te amoooo

    ResponderExcluir

Obrigada por sua atenção!
Deixe seu recadinho!
Lerei com o maior carinho...